quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Semanada – Naruto #643: Um Ataque Combinado!

headerSem criatividade para frases de impacto.
Da mesma forma, sem criatividade para frases de abertura de post.

1Naruto 643

Um ataque combinado
A sombra que vimos no final do capítulo passado, que é a metade da kyuubi selada dentro do Quarto Hokage continua conversando com Minato. Ela percebe que desde que Minato selou a outra metade em Naruto, o hokage esperava que a kyuubi ajudasse seu filho. E também deixa claro para Minato que nem a morte de Kushina e nem Naruto ter se tornado um jinchuuriki foi culpa dele.
2No campo de batalha, Obito percebe que existem pontos fraco em ser o jinchuuriki do jyuubi. Enquanto isso, Naruto explica para seu grupo que ao sentir que a energia do jyuubi poderia ser energia natural, imaginou que poderia combatê-la com outra fonte de energia natural – o senjutsu.Tobirama se sente lutando ao lado de seu irmão e até Sasuke parece impressionado com as novas habilidades do galego.
Tobirama observa que Obito está se recuperando e dando mais atenção à sua retarguarda, fazendo um novo ataque por esse lado ser quase impossível. Ele então invoca novamente uma árvore de Glooms (?) para preparar o Tsukuyomi, enquanto evoca a destruição completa do mundo que para ele não tem mais salvação. A aliança se preocupa com o poder de fogo da invocação de Obito, pois mesmo que eles se concentrem num doton, não serão capazes de parar quatro ataques simultâneos. Tobirama e Minato também discutem a impossibilidade de se livrarem das bijuudamas ao mesmo tempo; do outro lado, Hashirama pede que Madara impeça Obito, mas o líder dos Uchiha não quer perder mais tempo.
Mesmo assim, o primeiro hokage diz que será capaz de desviar as bijuudamas com a ajuda da aliança, mas Obito tem outros planos. Ele invoca a Barreira dos Seis Sóis Vermelhos, prendendo a todos e evitando que as bijuudamas possam ser desviadas. Tobirama e Minato ainda pensam em usar o hiraishin, mas mesmo assim não será possível dar conta de todas elas.
3Naruto então pede que Minato junte seu punho com o dele, fazendo assim com que as duas metades da kyuubi se encontrem novamente para unificarem seus chakras. Obito não perde a oportunidade de criticar Minato novamente, reafirmando suas falhas em proteger seus subordinados e sua família. Ele alfineta ainda mais, dizendo que a morte é o fim e lembrando que no dia seguinte se completa mais um aniversário de morte de Kushina e Minato. Porém Naruto lembra a Obito que o dia seguinte também é o dia em que ele nasceu, e que por isso, não é o fim, pois ele ainda está neste mundo. Minato se lembra de Kushina e orgulhoso do homem que seu filho se tornou, pai e filho unem seus punhos e o chakra da kyuubi, se preparando para mais um ataque!
Com a pista deixada por Gamikichi no capítulo anterior, Naruto foi capaz de usar o senjutsu para combater o jyuubi, já que ambos fazem uso da energia da natureza. É mais ou menos o que a física diz quando forças iguais em sentidos opostos se anulam. Naruto está anulando a energia do jyuubi com seu senjutsu, algo que até Sasuke achou genial.
Mas Obito está decidido a varrer tudo do mapa e Madara parece não ter mais plano nenhum, apenas quer lutar com Hashirama (e ver o circo pegar fogo). No meio disso tudo, estão os hokages, se sentindo impotentes para salvar a todos como já fizeram por tantas vezes quando eram vivos. Minato parece ser o que se sente mais culpado, desde que Obito lhe jogou na cara sua suposta incompetência. Porém, não é mais a hora do relâmpago amarelo de Konoha brilhar, mas sim de seu filho. Naruto une forças com seu pai e responde a Obito mais uma vez, que voltava a questionar a importância de Minato. Seus pais podem ter morrido, mas Naruto ainda está aí: a vida continua e o legado de Minato e Kushina segue vivo dentro de Naruto. E literalmente, já que ele possui a kyuubi lutando ao seu lado agora. Voltando ao capítulo anterior, não se trata de ter os maiores poderes, mas de ser respeitado.
4Há ainda o simbolismo de situar o capítulo na véspera do aniversário de morte de Minato e Kushina e do aniversário de nascimento de Naruto (a primeira versão chegava a falar no aniversário de morte de Rin, mas isso não se confirmou nas versões seguintes). É a data que marca o início da história do mangá, com o nascimento do protagonista. Foi com Obito e Minato que tudo começou, e é novamente com eles que a história volta ao ponto de partida, dessa vez com o protagonista no seu devido lugar. Ele não é mais um bebê indefeso ou uma criança problemática como a kyuubi bem lembrou no início do capítulo. Ele agora é o herói que carrega o legado de seus pais.
Por causa disso, já pipocam algumas teorias na internet que o mangá irá terminar no dia 10 de outubro desse ano, ou pelo menos na data mais próxima. Possível talvez, acho difícil… mas fiquemos todos atentos, certo? Ainda temos Orochimaru na área e seus fãs juram que ele será o plot twist da parte final do mangá!
5Até a próxima!
Postar um comentário