terça-feira, 1 de abril de 2014

Prévia - Batman: Arkham Knight – O merecido automóvel e um vilão à altura

No começo do mês passado, publicamos uma prévia comentando sobre as principais atrações do novo jogo do Homem-Morcego (incluindo detalhes sobre os gráficos, o carro do Batman, a mecânica do game e alguns outros detalhes).
Todavia, é óbvio que a Rocksteady revelou muita pouca coisa sobre o jogo e mesmo quem conferiu a demonstração não tem uma grande ideia do todo. A grande sacada é ir soltando as novidades aos poucos, garantindo que os jogadores fiquem cada vez mais curiosos e empolgados com o que vem por aí.
Felizmente, ao longo desses últimos dias, a Rocksteady Studios liberou algumas novas informações (que, dessa vez, não são exclusivas da Game Informer), as quais nos permitem ter uma ideia do que vem por aí.
As novidades surgiram depois que a empresa divulgou algumas imagens em alta definição e mostrou uma demonstração aos principais sites internacionais, o que nos trouxe uma enxurrada de informações. Nesta prévia, vamos falar sobre o novo Batmóvel, o principal vilão do game (que é o próprio Arkham Knight) e outros detalhes.

Um jogo de corrida insano

Como você bem sabe, a Gotham City do novo jogo da Rocksteady é bem maior do que a que visitamos previamente. Ela tem ruas largas, prédios altos, muitos objetos e um nível de detalhes incrível. Tudo isso foi projetado para que Batman: Arkham Knight seja um game de mundo aberto, onde você se sinta livre e possa explorar todo e qualquer lugar.
De acordo com as informações, a cidade aqui é cinco vezes maior do que a que visitamos em Arkham City. O melhor jeito para explorar esse enorme cenário é usar o Batmóvel, que apesar de já ter sido mostrado em outros jogos, nunca pôde ser usado. Como o game se passa na melhor fase do Batman, seu carro está muito (talvez até demais) evoluído e pronto para enfrentar tudo.
Conforme as informações da CVG, o novo carro do Homem-Morcego pode ser ativado a qualquer momento, sendo que o jogador pode entrar no veículo em pouquíssimos segundos. Como isso é possível? Oras, basta pensar que estamos tratando da mais alta tecnologia. O novo automóvel consegue se guiar pelas ruas da cidade e parar na posição precisa para o Batman simplesmente entrar e sair detonando.
Ao que tudo indica, quando você está no controle do carro, o game vira algo completamente diferente. Em vez de termos um jogo focado na ação, nesse momento, Batman: Arkham Knight parece mais um título de corrida, sendo bem parecido com um Need for Speed, mas com um Bugatti impulsionado por turbinas gigantes, com um revestimento absurdo e com armas prontas para derrubar tanques de guerra.
Quer mais? O novo Batmóvel conta com uma mira que trava nos inimigos, sendo que os mísseis automáticos dão conta do recado sem que você precise fazer muito esforço — parece que é apelação pura. Além disso, esse veículo insano pode quebrar postes, paredes, postos de gasolina e quase tudo que está em seu caminho.
Aliás, essas características do jogo é algo que levou a Rocksteady Studios a limitá-lo aos consoles de nova geração. A cidade gigantesca, por exemplo, não pode ser gerenciada nos video games antigos, por conta da pequena quantidade de memória RAM.
A destruição de objetos também não é algo que seja facilmente colocado nas antigas plataformas, o que levou a desenvolvedora a desistir da ideia e manter o foco no PS4, Xbox One e PCs (o Wii U está de fora).

Vilão sinistro e misterioso

Apesar de o Batmóvel ser um elemento importante, ele certamente não é mais interessante que o roteiro do game. Até agora, temos apenas uma noção do que vai acontecer (é claro que você já leu nossa primeira prévia, então não vamos repetir o enredo), sendo que o grande enigma do jogo está no vilão principal, que aparentemente vai chefiar a liga da bandidagem (uma equipe que vai ter Espantalho, Duas-Caras e o restante da galera).
Bom, de acordo com o que Dax Ginn, produtor de marketing da desenvolvedora, comentou em entrevista ao pessoal do PlayStation Blog, desenvolver um novo personagem para confrontar o Batman foi algo fascinante.
Vale ressaltar que este não é um adversário que já existia nos quadrinhos e foi simplesmente transportado para os games. O grande charme desse novo vilão é justamente o ineditismo, o que deixa uma série de dúvidas no ar.
O Arkham Knight é um personagem que foi criado em uma parceria entre a Rocksteady e a DC Comics, portanto ele deve ter os equipamentos e trejeitos necessários para instigar o jogador até o fim da trama, bem como deve seguir uma série de características próprias que vemos apenas nos quadrinhos, algo que deve motivar o público a ficar ainda mais interessado pela história do novo inimigo do Batman.
Na demonstração que a Rocksteady apresentou, o vilão aparece apenas em uma cena, sendo que talvez esse seja até mesmo o fim do jogo (esperamos que não seja). Conforme o relato da Kotaku, no fim da demo, podemos ver um momento em que o Batman é alvejado. Alguns momentos depois, o misterioso homem fala: “This ends. Tonight.” (Isso termina. Hoje à noite.)
A desenvolvedora não revelou quaisquer detalhes que possam nos dar uma pista de quem é este sujeito, quais são seus planos e quais são suas habilidades. Entretanto, como podemos ver nas imagens divulgadas e pela cena descrita acima, o Arkham Knight não tem medo de balas (seu traje é devidamente preparado para isso) e não pretende ter dó do Batman.
A desenvolvedora vem prometendo que este game vai fazer com o que o jogador se sinta como o verdadeiro Batman. Enfim, não há dúvidas de que este é o projeto mais ambicioso da Rocksteady e que ele tem grandes chances de superar seus antecessores. Batman: Arkham Knight será lançado no dia 14 de outubro, mas até lá teremos muitas novidades, portanto fique ligado aqui no Baixaki Jogos.
Fonte: BJ
Postar um comentário