quarta-feira, 9 de abril de 2014

Yahoo quer competir com Netflix e já prepara quatro séries originais

Yahoo quer competir com Netflix e já prepara quatro séries originais
Os dias de paz e soberania do Netflix podem estar contados. Depois de ser “ameaçado” pela onda Popcorn Time, que já esfriou, o serviço pode ganhar um novo concorrente de peso: oYahoo, que deve entrar na categoria e já estaria com quatro séries originais na manga. A HBO, que também transmite séries de sucesso com exclusividade, seria outro competidor nessa batalha.
O veículo The Wall Street Journal reporta que a programação pode incluir comédias, com episódios de meia hora de duração cada, criadas por escritores e diretores experientes. As temporadas agregariam 10 episódios ao todo, sendo que cada um tem orçamento estimado de US$ 700 mil a US$ 1 milhão.
“O Yahoo está buscando o mesmo tipo de programação de Netlix e Amazon”, revelou uma fonte ao citado veículo. Marissa Mayer, CEO da companhia, não confirmou nem desmentiu as informações, mas, segundo o The Wall Street Journal, a executiva estaria preparando um anúncio de demonstração em breve, talvez no final deste mês de abril.

Netflix, Amazon, HBO e outros: mais concorrência está chegando

Se os acordos para as supostas quatro séries próprias forem selados, o conteúdo provavelmente será transmitido no serviço de streaming já existente no Yahoo, o Yahoo Screen. Convém lembrar, no entanto, que o serviço não é tão disseminado como Netflix e Amazon, cujos aplicativos estão presentes em praticamente qualquer dispositivo atual (consoles, tablets, smartphones, TVs etc.). Os usuários podem consumir o conteúdo do Yahoo, por exemplo, em seus navegadores e através de um aplicativo para iOS. E só.
Portanto, o investimento precisaria se estender para uma escala mundial mais “onipresente” no cotidiano dos usuários que portam os mais variados dispositivos. Se por um lado o orçamento dos episódios sugere que o Yahoo está pronto para entrar com tudo na categoria e acirrar a concorrência, por outro existem soluções que precisam ser entregues pela companhia para que ela possa transmitir sua programação a um público maior – e isso envolve mais dinheiro.
Fonte:Tecmundo
Postar um comentário