quarta-feira, 28 de maio de 2014

Estudo afirma que metade dos brasileiros ainda usa celulares comuns



http://img.ibxk.com.br///2014/05/27/27091241716036.jpg?w=1120&h=480&mode=crop

Os smartphones ainda têm um longo caminho para dominar o mercado do Brasil por completo. Pelo menos é o que indica um estudo feito pela Kantar WorldPanel, que revelou que, no ano passado, cerca de 99 milhões de pessoas no país (aproximadamente metade dos brasileiros) ainda utilizavam os celulares comuns.

Enquanto nos países desenvolvidos aqueles que não adotaram os smartphones simplesmente não se interessam pelos recursos extras desse tipo de aparelho, a situação em países em desenvolvimento é bem diferente, segundo o site Olhar Digital. Como você já deve imaginar, em locais como Brasil, México e Argentina, cuja população tem uma renda menor, 59% dos entrevistados afirmaram ter como maior impedimento o preço elevado desse tipo de dispositivo.

O desafio de se manter atualizado

O hábito de trocar de celulares também foi um ponto estudado pela empresa e revelou fatores igualmente interessantes. Em resumo, quem já tem um smartphone – público na categoria dos 16 a 34 anos – está muito mais disposto a gastar para ter um novo modelo: 50% dos entrevistados afirmaram que pagariam mais de R$ 600 para conseguir um smartphone novinho.

Já os donos dos aparelhos mais simples tendem a estarem menos dispostos a esse tipo de troca. Mas não é exatamente uma surpresa considerando o fator preço, citado anteriormente – afinal, um smartphone chega a custar quase três vezes mais caro que um celular comum.

Fonte: Tecmundo
Postar um comentário