quinta-feira, 31 de julho de 2014

Os 29 jogos de PC mais esperados para o fim de 2014

Com o adiamento de alguns nomes de peso para o ano de 2015, é difícil não ficar com a sensação de que o ano atual não vai receber grandes lançamentos. No entanto, basta pesquisar um pouco para que essa impressão acabe: ao menos no mundo dos PCs, os próximos meses reservam experiências que vão desafiar sua capacidade de arranjar tempo livre para aproveitá-las da maneira adequada.
Neste artigo, reunimos uma lista extensa com alguns dos principais títulos que devem chamar a atenção dos jogadores de computador até o final de 2014. Além de nomes óbvios, tentamos destacar alguns títulos independentes que podem surpreender e chamar mais atenção do que muitos jogos com orçamentos gigantescos.
Vale notar que, por maior que seja a lista apresentada, ela inevitavelmente vai deixar de fora algum título que pode interessar a nossos leitores. Assim, caso algum título pelo qual você espera ansiosamente tenha ficado de fora da seleção, aproveite nossa seção de comentários para comentar sobre ele.

Ultra Street Fighter IV – 8 de agosto
Embora já esteja disponível para consoles, Ultra Street Fighter IV ainda vai demorar um pouco para chegar aos PCs. Além de adicionar novos personagens, a nova versão do game muda a maneira como lutadores antigos se comportam de forma a trazer mais equilíbrio às suas lutas — algo que fez com que muitos jogadores experientes tivessem um desempenho aquém do esperado durante a EVO 2014.

Metro Redux – 29 de agosto

Incluindo tanto Metro 2033 quanto Metro: Last Light, a versão Redux do game se trata de uma remasterização que usa como base a versão mais recente da 4A Engine. Donos das versões originais dos títulos ganham 50% de desconto permanente ao realizar o upgrade que deve ajudar a trazer essa mistura de FPS e survival horror a uma nova geração de jogadores.

The Sims 4 – 2 de setembro

A nova versão da série da Maxis quer tornar a vida de seus sims ainda mais divertida e aleatória. Para isso, a Electronic Arts criou um novo sistema de emoções e passou a permitir que seus personagens desempenhem várias tarefas de forma simultânea. Ao que tudo indica, o jogo vai ser uma ótima desculpa para você se esquecer dos problemas da vida real enquanto lida com as dificuldades de uma existência virtual.

Gauntlet – 3 de setembro

O reboot da série Gauntlet permite jogar com uma entre quatro classes diferentes em labirintos repletos de monstros e tesouros. Embora o game possua um modo single player, ele revela seu verdadeiro potencial quando você se une a outras pessoas através do meio online.

Dead Rising 3 Apocalypse Edition – 5 de setembro

Embora Dead Rising 3 já esteja disponível há um bom tempo para os donos do Xbox One, a versão para PCs promete ser a experiência definitiva da série. Além de poderem aproveitar o jogo com gráficos aprimorados, os donos da plataforma vão ganhar como bônus o acesso imediato a quatro dos DLCs já disponibilizados pela Capcom até o momento.

FIFA 15 – 23 de setembro

O novo game de futebol da EA Sports marca a estreia da engine Ignite nos PCs e promete trazer um grau de realismo ainda maior aos campos virtuais. O diferencial do título deve ser a aposta em um sistema de inteligência emocional que vai fazer os jogadores se comportarem de forma diferente dependendo de suas ações em campo.

Middle-earth: Shadow of Mordor – 30 de setembro

Enquanto muitos jogos foram adiados para 2015, Shadow of Mordor teve seu lançamento adiantado em alguns dias em relação à sua data de lançamento original. O game pretende dar aos jogadores uma visão diferente da Terra Média, os colocando no papel de Talion, um guardião que ganhou habilidades especiais após morrer em condições trágicas.

Alien: Isolation – 7 de outubro

Desenvolvido pela Creative Assembly, o novo game da série Alien tem o duro objetivo de redimir o desastre que foi Colonial Marines. Para isso, o game aposta em uma jogabilidade mais furtiva, que abandona a ação desenfreada para favorecer um clima de tensão constante conforme o jogador explora uma espaçonave.

Project Spark – 7 de outubro

Mais do que um game, Project Spark pretende oferecer uma “tela em branco” na qual você poderá criar filmes, jogos e outros tipos de experiências interativas. Além de poder investir em projetos próprios, os jogadores vão ter acesso a trabalhos feitos por outras pessoas, o que deve ajudar a estender de maneira indefinida a experiência criada pelo Microsoft Studios.

The Evil Within – 14 de outubro

The Evil Within é o retorno de Shinji Mikami ao gênero survival horror. O título de terror promete brincar com a mente dos jogadores ao apostar em monstros perigosos, sustos inesperados e em um clima de tensão constante. Definitivamente, esse vai ser um game que vamos ter medo de aproveitar com as luzes apagadas.

Borderlands: The Pre-Sequel – 14 de outubro

Feito especialmente para fãs que desejam saber mais sobre o universo de Borderlands, The Pre-Sequel preenche o espaço em branco entre o primeiro e o segundo jogo da série. Apesar de adotar mecânicas inéditas (como os combates em ambientes com pouca gravidade), o jogo é repleto de ambientes familiares e, pela primeira vez, permite controlar o simpático Claptrap.

Evolve – 21 de outubro

Feito pela mesma equipe responsável por Left 4 Dead, Evolve tenta mudar a maneira como lidamos com jogos multiplayer. Para isso, o game aposta em dois times: um eles formado por quatro jogadores com habilidades distintas e outro constituído por um único monstro capaz de evoluir se tornar mais forte conforme uma partida se desenrola.

Assassin’s Creed Unity – 28 de outubro

Prometendo um novo ponto de partida para novos jogadores, Assassin’s Creed Unity inicia um arco de história totalmente inédito. Junto a outros três companheiros, o assassino Arno Victor Dorian deve se infiltrar em meio à aristocracia francesa e aproveitar dos acontecimentos da Revolução Francesa para evitar que os Templários tomem o poder.

Call of Duty: Advanced Warfare – 4 de novembro

Primeiro game da série feito exclusivamente pela Sledgehammer Games,Advanced Warfare também se aproveita de um ciclo de desenvolvimento mais longo que o de seus antecessores. Apostando em um cenário futurístico, o título promete manter as raízes da série ao mesmo tempo em que adiciona uma série de elementos novos como forma de manter os jogadores interessados.

The Crew – 11 de novembro

Oferecendo aos jogadores a possibilidade de cruzar um mapa gigantesco, The Crew oferece um mundo persistente que você pode explorar sozinho ou na companhia de amigos. Enquanto você não está correndo por cenários variados, pode usar um aplicativo para iOS e Android para conferir seu avanço e realizar ajustes em suas coleção de automóveis.

Dragon Age: Inquisition – 18 de novembro

Com a promessa de apresentar um mundo gigantesco, Dragon Age: Inquisition tem o potencial de se tornar o game mais marcante da história da BioWare.  No comando de uma força conhecida como a Inquisição, cabe ao jogador reunir um grupo de heróis com o intuito de combater um grande mal que ameaça destruir todos os povos livres.

Far Cry 4 – 18 de novembro

Em Far Cry 4, o protagonista Ajay Ghale se vê forçado a lidar com uma guerra civil após retornar a seu país natal, Kyrat. Com isso, o jogador tem a desculpa perfeita para explorar uma cadeia montanhosa imensa enquanto mata vilões de maneira variada e lida com a perigosa fauna local.

Games ainda sem data

Chroma

O novo game musical da Harmonix aposta em uma fórmula inusitada que adicionas elementos rítmicos a um jogo de tiro competitivo em primeira pessoa. Todas as ações do jogador vão estar em sintonia com a música de fundo do game e, conforme ela muda, os ambientes das partidas se transformar de maneira dinâmica.

Sid Meier´s Civilization: Beyond Earth

Enquanto os demais jogos da série Civilization sempre foram calcados em acontecimentos históricos reais, Beyond Earth pretende adotar ares mais fantasiosos. O game de estratégia vai permitir que você explore estrelas e colonize planetas alienígenas na tentativa de encontrar um novo lar após a Terra deixar de ser uma alternativa viável para a humanidade.

Fortnite

Primeiro game a usar a Unreal Engine 4, Fortnite mistura elementos de jogos sandbox a características dignas de um bom Tower Defense. Durante o dia, o jogador deve explorar ambientes e coletar itens para reforçar sua base, que serve como única proteção contra a horda de mortos-vivos que aparece durante o período noturno.

Grand Theft Auto V

Um ano após chegar ao PlayStation 3 e ao Xbox 360, GTA V finalmente poderá ser aproveitado pelos jogadores de PC. Apesar dos gráficos aprimorados, a grande atração do jogo deve ser sua compatibilidade com mods feitos pela comunidade, que devem ajudar a prolongar durante alguns anos a vida útil do trabalho feito pela Rockstar.

Hatoful Boyfriend

Nesse simulador de namoros bizarro, o jogador assume o papel de um pombo que está a procura de um relacionamento duradouro. Mesmo que a história do jogo se prove insatisfatória, o simples fato de ele adotar uma postura bastante inusitada faz com que estejamos muito curiosos para conferir o que ele tem a oferecer.

Hotline Miami 2: Wrong Number

Hotline Miami 2 pretende resgatar a mesma ação tensa e o clima de insanidade que tornaram seu antecessor um sucesso. Se depender da demonstração polêmica lançada há certo tempo pela Devolver, o título tem tudo para quebrar tabus e mostrar ao mundo que não há assunto que não possa ser tratado pelo mundo dos games.

Massive Chalice

Enquanto os olhos do mundo estavam voltados para Broken Age, outro título da Double Fine também passava por uma campanha bem-sucedida no Kickstarter. Massive Chalice é um game de combate por turnos que, dentro os nomes desta lista, infelizmente é o que mais tem probabilidade de ser adiado para algum momento de 2015.

Star Citizen

Um dos projetos mais ambiciosos da atualidade, Star Citizen quer oferecer aos jogadores batalhas espaciais gigantescas, ao mesmo tempo em que aposta em um sistema complexo de comércio de cidadania. O título conta com um órgão governamental conhecido como “United Empire Earth” e, para entrar nele, os jogadores vão ter que mostrar seu valor de alguma maneira — como participar do serviço militar, por exemplo.

Tales from Borderlands

Após provar seu talento com nomes como The Walking Dead e The Wolf Among Us, a Telltale agora aposta em uma visão própria da série Borderlands. O jogo segue a história de dois personagens totalmente originais, Rhys e Fiona, cada um responsável por mostrar o lado de uma história — o que não descarta a possibilidade de que haja confrontos diretos entre eles, cujos resultados devem ser carregados pelos diferentes capítulos da trama.

Wasteland 2

Wasteland 2 é a maior prova de como o Kickstarter pode ajudar a resgatar séries perdidas no tempo. Lançado em 1988, o primeiro jogo da franquia serve como um predecessor espiritual para Fallout, propriedade intelectual que se provou muito mais popular. Apostando em sistemas de jogo tradicionais, o game promete oferecer combates com um nível brutal de dificuldade combinado a um visual em alta qualidade.

The Witness

Novo projeto do talentoso (e polêmico) Jonathan Blow, The Witness foi revelado durante o evento que marcou a revelação do PlayStation 4. Desde então, o desenvolvedor manteve mistério sobre seu novo projeto, que deve apostar em uma série de quebra-cabeças que se conectam a um grande mistério.

World of Warcraft: Warlords of Draenor

A quinta expansão de World of Warcraft promete trazer grandes mudanças ao jogo. Além de aumentar o nível máximo para 100, o game transporta os jogadores para a terra de Draenor pela primeira vez desde o Wacraft original. Em resumo, o jogo deve ser um prato-cheio para quem acompanha a história do MMO que já está próximo de completar uma década em operação.
Fonte: BJ
Postar um comentário