sexta-feira, 31 de outubro de 2014

PS4 vai bem, mas celulares puxam prejuízo da Sony no trimestre

Sony fechou seu segundo trimestre fiscal (julho a setembro) com um prejuízo operacional de 85,6 bilhões de ienes (R$ 1,87 bilhão). Isso representa uma queda de desempenho em relação ao mesmo período do ano passado, quando a companhia lucrou 13,9 bilhões de ienes (R$ 304 milhões).
Apesar de as vendas totais da corporação terem subido 7,2%, indo a 1,9 trilhão de ienes (R$ 41,5 bilhões), o setor de comunicações mobile (celulares) puxou a queda, com um prejuízo operacional de 172 bilhões de ienes (R$ 3,8 bilhões).
Já o setor de games e serviços de rede não apenas voltou a operar no azul, como também teve um ganho de 83,2% na arrecadação (foi de 169 bilhões de ienes para 309 bilhões de ienes – R$ 3,7 bilhões para R$ 6,75 bilhões). "Esse aumento significativo foi primariamente em função da contribuição das vendas do PlayStation 4 e dos serviços online relacionados [ao console]", escreveu a companhia.

Jogos em alta

O video game de nova geração da Sony vendeu 3,3 milhões de unidades do trimestre, acumulando 13,5 milhões até agora. As vendas de jogos e de produtos e serviços online também subiram. Já o PlayStation 3 está em queda, tanto em hardware como em software.
Para o ano fiscal completo, que encerra em 31 de março de 2015, a empresa projeta vendas de 7,8 trilhões de ienes (R$ 171 bilhões) e prejuízo operacional de 40 bilhões (R$ 875 milhões). Todas as divisões devem dar lucro, com exceção dos celulares, que vão neutralizar todos os ganhos da corporação.
Postar um comentário