domingo, 18 de maio de 2014

Top 5: maiores games da Capcom em consoles Nintendo



A japonesa Capcom criou alguns de seus mais famosos mascotes lá no nintendinho, nos distantes anos oitenta, e desde então nunca deixou de lançar grandes jogos para as plataformas da Big N. Na lista de hoje vamos relembrar os lançamentos de maior sucesso dessa parceria:



5. Ducktales (NES)

“Ducktales, wooo-huuu!” Se você é jovem, dificilmente essas palavras significam algo. Mas se você é um daqueles leitores do POP que foram crianças nos anos oitenta, deve ter noção da febre que era Ducktales. Então quando a Capcom lançou com exclusividade para o NES um jogo baseado no desenho mais popular do mundo, todos foram a loucura. Ajudava bastante o fato do jogo ser excelente e contar com uma das melhores trilhas sonoras da história. E nem estou falando da música de abertura. Experimente ouvir a faixa moon e contemple a música 8 bits em toda sua glória!




4. Ghosts’n Goblins (NES)

Embora a franquia ande meio sumida, você provavelmente já deve pelo menos ter ouvido falar das aventuras do nobre cavaleiro de cuecas Artur, que parte em busca de sua princesa numa saga incrivelmente hardcore que sempre figura na lista de jogos mais difíceis da história. Embora tudo tenha começado no nintendinho, é possível penar para zerar o jogo no Super Nintendo, GameBoy Advance e até mesmo no GameBoy Color. As versões são um pouco diferentes, contando com novas fases e inimigos, mas todas são igualmente dificeis. Não deixe de conferir "Super Ghouls’n Ghosts", possivelmente a mais completa e bela versão do jogo.




3. Ace Attorney: Phoenix Wright (DS)

Ah, o mundo jurídico. Intermináveis filas nos fóruns, processos que levam anos para tramitar em julgado, gente andando de terno no calor tropical, juízes sempre emburrados... Isso é tudo que você não espera encontrar num jogo de videogame, certo? Objeção! A Capcom percebeu que o universo do Direito poderia virar uma franquia de enorme sucesso e bancou as aventuras de Phoenix Wright, o advogado mais famoso da Nintendo. Sua série para o Nintendo DS fez tanto sucesso que chegou até mesmo a ser lançada para o virtual console do Wii. Mas, a bem da verdade, a série foi feita para os portáteis e se sai muito melhor por lá, como provam os "Ace Attorney" derivados Apollo Justice e Miles Edgeworth.





2. Mega Man 2 (NES)

Se hoje o robô azul da Capcom é um dos personagens mais relevantes e marcantes da indústria, muito se deve a esta pequena pérola do NES. Tudo bem que o primeiro "Mega Man" é quem deu origem a tudo e já havia agradado bastante aos fãs e à crítica especializada, mas foi só em sua segunda aventura que o blue bomber mostrou realmente a que veio. Com oito mestres robôs, power ups irados e fases inesquecíveis, o jogo marcou época. Na verdade, o sucesso de "Mega Man 2" foi tão grande que acabaram sendo lançadas mais quatro sequências para o nintendinho, uma para o Super Nintendo, e finalmente mais duas para os sistemas HD. E eu nem estou contando os derivados excelentes como a série "X" ou "Mega Man Legends"...




1. Street Fighter II (SNES)

Vamos lá, fale a verdade: assim que voce leu o nome desse texto você já tinha certeza de que "Street Fighter" entraria na lista, não é mesmo? Esse clássico absoluto da Capcom foi o grande responsável pela popularização dos jogos de luta nos anos noventa. Na época era simplesmente impossível esbarrar com um jogador de videogame que não tivesse disputado ao menos uma luta com Ryu, Guile e cia. O mais interessante é que, embora "Street Fighter" tenha marcado presença nas grandes plataformas da época, como o Mega Drive, as versões lançadas para Super Nintendo sempre eram tecnicamente superiores. As vendas do jogo no SNES foram tão boas que muita gente até esqueceu que o jogo veio originalmente dos fliperamas. Facilmente um dos jogos mais icônicos do Super Nintendo, e o jogo da Capcom mais bem vendido até hoje, com mais de seis milhões de cópias comercializadas

Fonte:PoP
Postar um comentário